Cânions do Brasil são usados em cenas de filmes, novelas e seriados

Cânions do Brasil são usados em cenas de filmes, novelas e seriados

Ao longo de 250 quilômetros, 68 desfiladeiros profundos rasgam a paisagem no Sul do país. Região serviu de locação para produções cinematográficas que ganharam destaque na TV e no cinema.

Na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina, Cambará do Sul abriga dois parques nacionais de onde se avista deslumbrantes paisagens por conta dos veios abertos na terra — Aparados da Serra e o Serra Geral — são portas de entrada para os deslumbrantes cânions Fortaleza e Itaimbezinho. O local ficou conhecido por ser cenário para diversas novelas, séries e filmes brasileiros.

Além dos cânions, há cachoeiras, locais perfeitos para cavalgada, trilha para quadriciclo e possibilidade de visita a fazendas produtoras de geleias. Destino imperdível para quem curte natureza sem abrir mão do conforto. As paisagens são de cair o queixo. É tudo muito grandioso, preservado e bonito. Na região foram filmadas novelas, séries, filmes e comerciais, como A Casa das sete mulheres, Esplendor e Chocolate com Pimenta. A cidade faz divisa com Santa Catarina e tem ao todo 68 cânions em 250 quilômetros de bordas, mas só alguns são abertos à visitação.

Os dois maiores cânions abertos à visitação pública são de tirar o fôlego. Do alto do cume do Fortaleza se avista o horizonte e as belezas do paredão com mais de 900m de profundidade. Entre tantas opções de passeios estão disponíveis: cavalgar, visitar cachoeiras em um veículo 4×4 e, claro, observar a natureza. O cânion Fortaleza fica no Parque da Serra Geral, distante 23 quilômetros do centro de Cambará do Sul. Com 7,5 quilômetros de extensão e 1.500 m de largura, revela dezenas de fendas que parecem fazer as montanhas se moverem no embalo do Rio Perdiz, que corre ao fundo.
Continua depois da publicidade

 

 

O cânion Itaimbézinho, com 5,8km de comprimento e 720m de profundidade, é classificado como o maior da América do Sul(foto: Silvia Prevideli/Divulgação)

Há uma trilha que leva ao mirante (3,5 quilômetros de ida e volta), de onde se consegue avaliar toda a sua magnitude. É possível seguir até a borda dos cânions e fazer uma parada com direito a piquenique regado a quitutes regionais. Fome saciada após a caminhada, nada como curtir o visual. No parque estão também a Pedra do Segredo e a Cachoeira do Tigre Preto, alcançadas a partir de uma trilha de 1,5 quilômetro.

O cânion Itaimbézinho fica no Parque Aparados da Serra, a 18 quilômetros da cidade. É o maior cânion da América do Sul. As árvores de araucárias salpicam de verde os imensos paredões brancos. São 5,8 quilômetros de comprimento, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura. A trilha do Vértice, que tem 1,5 quilômetro (ida e volta), e seis mirantes onde é possível contemplar a beleza do lugar e fazer fotos maravilhosas. O passeio pode ser mnarcado com um brinde de espumante, no Mirante das Andorinhas. Há, ainda, a trilha do Cotovelo (6,3 quilômetros), e a trilha Rio do Boi (8 quilômetros), no interior do cânion, às margens do rio, que deve ser acompanhada de um guia credenciado.


Cachoeira dos Venâncios

Para quem curte cachoeira, a dos Venâncios é um passeio imperdível. Fica a 20 quilômetros do centro da cidade e tem quatro cascatas, onde você pode tomar aquele banho gelado.

As trilhas são curtinhas, e em uns cinco minutinhos você já está na beirada da água. A primeira cascata é mais propícia para o banho, pois tem um poço grande, onde dá para nadar tranquilamente.

Outra opção é fazer todo o Circuito das Águas, que além da cachoeira, inclui visitas ao Passo do S e ao Passo da Ilha, onde se cruza o rio a bordo de uma Land Rover Defender 4×4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *